Apesar da pandemia, número de bilionários brasileiros sobe e chega a 315 em 2021

O número de bilionários brasileiros cresceu em 2021. Apesar da pandemia da Covid-19 e da piora nos indicadores econômicos, mais de 40 brasileiros atingiram o patrimônio de R$ 1 bilhão neste ano. De acordo com a revista Forbes, as novas fortunas foram conquistadas principalmente pelo aumento de oferta de ações na bolsa. Segundo a revista, os incentivos financeiros para combater a crise em todo o mundo aqueceram o mercado de capitais, elevando o número de super ricos. Entre os bilionários novatos estão o dono da Blau Farmacêutica, Marcelo Rodolfo Hann, com R$ 7,54 bilhões, e o fundador da empresa Méliuz, Israel Fernandes Salmen, com R$ 1,15 bilhão. Considerando o desmembramento de famílias, o ranking traz 77 nomes a mais do que no ano passado — agora, 315 brasileiros estão na lista. O patrimônio acumulado entre eles é de R$ 1,9 trilhão. Atualmente, o brasileiro mais rico do mundo é o co-fundador do Facebook, Eduardo Luiz Saverin. Ele ultrapassou recentemente o empresário Jorge Paulo Lemman, com uma fortuna estimada em R$ 97,5 bilhões.

*Com informações do repórter Vinicius Moura 

Artigo anteriorMineração aumenta no Brasil, impulsiona crescimento, mas garimpo ilegal ainda preocupa
Próximo artigo‘Desenho da privatização dos Correios traz grande ônus para quem comprar’, diz Salim Mattar